Histórico

Mais antigo grupo feminista do estado de Santa Catarina, a Casa da Mulher Catarina fundada em 1989, realiza projetos, debates, cursos, oficinas e seminários. Participou da 4ª Conferência Mundial da Mulher em Beijing (1995), em diversas edições do Fórum Social Mundial, da 10ª Conferência Nacional da Saúde (1996), das três edições das Conferências Nacional, Estadual e Municipal de Políticas para Mulheres, possui assento nos Conselhos Estadual e Municipal dos Direitos da Mulher.

Reconhecida internacionalmente como organização feminista de defesa dos direitos das mulheres, conta com importantes parcerias, entre elas: a Articulação de Mulheres Brasileiras, Articulação Nacional de Mulheres Negras, Câmara Técnica da Coordenadoria de Políticas para as Mulheres do Município de Florianópolis, Câmara Técnica da Coordenadoria de Políticas para Mulheres do Estado de SC, Campanha Ponto Final na Violência contra Mulheres e Meninas, Conselho Nacional dos Direitos da Mulher, Conselho Estadual dos Direitos da Mulher/SC, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Centro de Referência de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (CREMV), Comitê Municipal de Prevenção de Mortalidade Materna, Conselho Municipal de Assistência Social, Conselho Nacional de Saúde, Coordenadoria de Políticas para as Mulheres do Município de Florianópolis, ELAS Fundo de Investimento Social, Fórum Catarinense de Mulheres, Fórum Estadual pela Implementação da Lei Maria da Penha, Fórum Municipal de Políticas Públicas, Instituto de Estudos de Gênero, Instituto Catarinense de Estudos, Políticos e Econômicos, Rede Nacional Feminista de Saúde Direitos Sexuais e Direitos Reprodutivos, Rede de Salud de lãs Mujeres latinoamericanas Y Del Caribe, Secretaria de Políticas para as Mulheres de Presidência da República (SPM/PR), Sindicato dos Jornalistas Profissionais do RS, União Brasileira de Mulheres.